Notícias

TCP registra melhor produtividade por navio de 2017

Terminal registrou 187 MPH na operação do navio CAP San Maleas,
totalizando 784 movimentos em 4 horas e 8 minutos

A TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, registrou a melhor produtividade em um único navio de 2017. O Terminal atingiu 187 MPH (movimentos por hora) por equipamento na operação do navio CAP San Maleas, totalizando 784 movimentos em 4 horas e 8 minutos.

O procedimento no navio, que conta com 333 metros de LOA (comprimento de fora a fora), contou com o uso de seis portêineres, totalizando 38,1 MPH por equipamento. “A TCP tem registrado constantes recordes na operação de grandes navios. Isso é resultado dos constantes investimentos realizados para melhorias e modernização do Terminal. Exemplo disso é a implantação do NAVIS, sistema integrado de operação portuária, e a aplicação de boas práticas e treinamentos constantes”, explica Rodrigo Paupitz, Superintendente de Operações da TCP.

A implantação do sistema NAVIS permitiu ao Terminal integrar as informações portuárias, aumentando ainda mais a produtividade do Terminal. “O objetivo é entregar um serviço cada vez mais ágil, eficaz e competitivo para os clientes do Terminal”, enfatiza.

Hoje, o Terminal de Contêineres de Paranaguá conta com 9 portêineres (sendo 4 Super Post Panamax), 2 guindastes Mobile Harbour Crane, além de 30 transtêineres, resultado de investimentos realizados em anos anteriores. Para os próximos anos, a TCP tem ainda planos de expansão do cais de atracação do Terminal, que ganhará mais 220 metros, passando a contar com 1.099 metros de extensão; a construção de dolphins exclusivos para a atracação de navios que fazem o transporte de veículos; e a ampliação da retroárea do terminal, que hoje conta com 320 mil m2 e que será ampliada para cerca de 500 mil m2.

 Sobre o TCP

A TCP é a empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá – um dos maiores terminais de contêineres da América do Sul, e a empresa de serviços logísticos TCP Log.

Após receber investimentos de R$ 365 milhões, um dos maiores aportes privados do setor portuário brasileiro nos últimos anos, a TCP atualmente tem capacidade para movimentar 1,5 milhão de TEUs/ano, conta com 320 mil m² de área de armazenagem e oferece três berços de atracação, com extensão total de 879 metros, além de dolfins exclusivos para operação de navios de veículos.

A atuação do terminal é complementada pela TCP Log, que oferece serviços de integração da cadeia logística; como armazenagem, estrutura para carregamento e descarregamento de contêineres, pátio para contêineres e transporte do modal rodo ferroviário ao terminal em Paranaguá.

 

Informações para Imprensa
Medialink Comunicação, Fone: (11) 3817-2131
Raul Fagundes Neto, raul.fagundes@medialink.com.br
Fernando Marchi, fernando.marchi@medialink.com.br
Ana Cunha, ana.cunha@medialink.com.br

 

Voltar