Notícias

Depot Express da TCP Log gera economia para cadeia reefer

O Depot Express, operado pela TCP Log – subsidiária logística da TCP (empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá), gera economia de até 17% nas operações logísticas da cadeia de produtos refrigerados. Inaugurado no final de 2017, o terminal tem capacidade operacional para 3,5 mil contêineres refrigerados e atende importadores e exportadores 24 horas por dia, de segunda a sábado, diminuindo as filas de caminhão na retroárea do Porto de Paranaguá.

Alexandre Rubio, diretor da TCP, explica que o tempo de espera dos caminhões para serem carregados com os contêineres é menor graças à capacidade operacional da empresa. “Pelo menos dois fatores influenciam a nível de serviço do Depot da TCP Log: a operação 24 horas por dia, de segunda a sábado, e o número de equipamentos disponíveis. Nós conseguimos reduzir o tempo de permanência de 5h30 para 1h30, na comparação com outros depots”, explica.

Além de economia para armadores e exportadores, a operação full time gera mais conforto e segurança para os motoristas. “Antes do Depot Express, os motoristas que chegavam a Paranaguá no final da tarde precisavam esperar até o outro dia para serem atendidos. Agora, assim que chegam ao Depot Express TCP, já são atendidos e seguem viagem. Isso evita o desgaste do motorista”, diz.

O executivo explica que o foco é oferecer serviço completo e com a máxima qualidade. “Além de diminuir a espera em fila, que era um gargalo em Paranaguá, a subsidiária disponibiliza os contêineres refrigerados vazios, vistorizados e higienizados antes do recebimento do caminhão no terminal, prontos para seguirem para a planta do exportador sem a necessidade de aguardar a execução de qualquer serviço necessário. A intenção da TCP Log é expandir o atendimento do Depot Express para todos os tipos de contêineres ainda este ano”, finaliza.

Sobre a TCP

A TCP é a empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá – um dos maiores terminais de contêineres da América do Sul – e a empresa de operações logísticos TCP Log, que oferece serviços de integração da cadeia logística para cargas localizadas no Sul e Sudeste do Brasil.

Responsável pelo maior investimento do setor portuário Brasil na atualidade, onde estão sendo aplicados mais de R$ 550 milhões nas obras de ampliação da capacidade de movimentação do terminal dos atuais 1,5 milhão de TEUs/ano para 2,5 milhões de TEUs/ano, a TCP está se preparando para atender a demanda de mercado brasileiro pelos próximos 30 anos.

Desde março de 2018, a TCP integra o portfólio da China Merchants Port Holding Company (CMPort), o maior e mais competitivo desenvolvedor, investidor e operador de portos públicos da China. Atualmente, as operações e investimentos da empresa se estendem pelas áreas costeiras em Hong Kong, Taiwan, Shenzhen, Ningbo, Shanghai, Qingdao, Tianjin, Dailian, Zhangzhou, Zhanjiang e Shantou. A empresa também vem ampliando sua presença no Sul da Ásia, na África, no Mediterrâneo e na Austrália.

Em março de 2018, o portfólio global de portos da CMPort abrangia 5 continentes, 17 países e regiões e 32 portos. Em 2017 a CMPort movimentou 100 milhões de TEUs.

Voltar